Grávidas e exercícios físicos: atenção para os excessos

shutterstock_183391295Muito se fala sobre as mulheres aficionadas pelas práticas esportivas e que mesmo grávidas não abrem mão de manter a saúde e o corpo em dia. Mas até que ponto os exercícios físicos são bons para saúde? Quando seria a hora para parar?
De acordo com o obstetra e ginecologista, Maurício Sobral, atividades físicas durante a gestação são totalmente recomendadas – mediante avaliação médica especializada. A prática auxilia na diminuição de sintomas gravídicos, tais como a ansiedade, os inchaços e as dores musculares. Melhora as condições funcionais da placenta, consequentemente ocorre o maior crescimento fetal, faz bem para a oxigenação do sistema nervoso do bebê, aumenta o número de células cerebrais, melhora a aprendizagem e a memória, além disso também reduz a tensão no parto e ajuda na recuperação do pós-parto.
O American College of Obstetricians and Gynecologists, conselho americano de ginecologistas e obstetras, reconhece o estimulo da prática de atividades físicas regulares na gravidez desde que a gestante não apresente contraindicações como: sangramento uterino de qualquer causa, placenta baixa, trabalho de parto pré-termo, o retardo de crescimento intrauterino, sinais de insuficiência placentária e a ruptura prematura das membranas. “Por isso é importante frisar que ao iniciar qualquer atividade física durante a gestação, é preciso procurar a opinião de um obstetra para liberar os exercícios que devem ser feitos com o acompanhamento de um educador físico”, recomenda o obstetra.

 

Orientações para a prática de atividade física:

shutterstock_98154215· Tenha sempre a indicação médica e acompanhamento de um educador físico;
· Adeque os treinos a cada trimestre da gestação;
· Tenha cuidado com a intensidade dos exercícios. Evite fortes impactos, contusões e batidas;
· Faça movimentos aeróbicos e alongamentos em geral, desde que não haja nenhuma restrição médica e que um professor a acompanhe;
· Faça caminhadas de duas a três vezes por semana;
· Tenha cuidado com exercícios que a mantêm por muito tempo em pé, pois isso pode dificultar a circulação sanguínea e causar queda de pressão e mal-estar;
· Lembre-se: os exercícios promovem benefícios à sua saúde e do seu bebê. Ajudam a relaxar, controlar a ansiedade, reduz o inchaço e as dores musculares e auxiliam o controle arterial.

 

Fonte: Dr. Maurício Luiz Peixoto Sobral (CREMESP 90722), especialista em Mastologia, Ginecologia e Obstetrícia. 



WordPress Video Lightbox

    ENTRE EM CONTATO.
    FALE CONOSCO OU ENVIE SUA MENSAGEM AGORA MESMO.
    AQUI, NO SITE BELEZA TODAY, ESTAMOS SEMPRE PRONTOS A ATENDER A SUA SOLICITAÇÃO!


    comercial@belezatoday.com.br | tel.: (+55 21) 2284-4336