Para emagrecer, café verde!

Depois do chá verde, chegou a vez do café …. verde, naturalmente. Segundo alguns nutricionistas, o alimento mantém suas propriedades naturais e, por isso, ajuda a emagrecer mais rapidamente do que o grão torrado. Como contém cafeína, polifenóis e ácido clorogênico em maior grau do que o pó convencional, o café verde favorece a queima da gordura ao acelerar o metabolismo.

shutterstock_187831238Como todo alimento complementar da dieta, não se deve abusar do seu consumo. “Não adianta ingerir as cápsulas e tomar um pote de sorvete por dia, porque, logicamente, nunca se conseguirá o efeito desejado”, lembra Paula Castilho, nutricionista da rede Nação Verde. Ela diz que, dentre as substâncias que compõem o café verde, a cafeína é a que mais contribui para o emagrecimento. Mas, segundo Paula, o ácido clorogênico é o maior responsável por reduzir a absorção de açúcar pelo organismo e fazer com que o corpo procure novas fontes de energia, como a gordura.
A nutricionista faz outro alerta: “para consumir o café verde, é preciso estar saudável. Há uma série de contraindicações da ingestão do café verde por pessoas ansiosas, nervosas, magras ou que tenham hipertireoidismo. É contraindicado ainda para crianças, idosos e gestantes. Pode causar alterações também em pessoas com gastrite crônica ou úlcera duodenal.”

Paula recomenda que, nestes casos, o paciente precisa ser avaliado por um médico e acompanhado de perto. “Sabe-se que o café torrado não é indicado para pessoas com doenças neurológicas, como depressão. Já o café verde, por sua ação estimulante, pode ser recomendado para alguns casos de depressão. Mas é preciso estudar caso a caso. Em contrapartida, os hipertensos não devem consumir o produto, devido a seu efeito estimulante.”
Para saber a dosagem certa, ela recomenda consultar também um médico ou nutricionista. “De maneira geral, o café verde pode ser ingerido entre duas e três vezes ao dia, trinta minutos antes do café da manhã, almoço e lanche da tarde. À noite, antes do jantar, não se aconselha o consumo, porque que pode alterar o sono,” explica.

A boa notícia, segundo a nutricionista, é que o café verde está livre do cafestol, substância gordurosa responsável pelo aumento do colesterol, somente liberada com o processo de torra do café.

 

 

Consultora: Paula Fernandes Castilho, nutricionista da rede Nação Verde, especialista em nutrição clínica pelo GANEP, capacitada em Fitoterapia em Nutricosméticos e diretora da Sabor Integral Consultoria em Nutrição.

Tel: (11) 41132806 / (11) 41132809
www.nacaoverde.com.br



WordPress Video Lightbox

    ENTRE EM CONTATO.
    FALE CONOSCO OU ENVIE SUA MENSAGEM AGORA MESMO.
    AQUI, NO SITE BELEZA TODAY, ESTAMOS SEMPRE PRONTOS A ATENDER A SUA SOLICITAÇÃO!


    comercial@belezatoday.com.br | tel.: (+55 21) 2284-4336