Hidradenite: entenda a doença que causa cistos parecidos a espinhas na pele

É muito difícil encontrar uma pessoa que não tenha sofrido com acne em algum momento da vida, afinal, é uma das doenças de pele mais comuns, atingindo a maior parte da população independentemente do sexo e idade. Porém, nem tudo é o que parece, já que existem outras doenças de pele com características semelhantes à acne, mas que possuem tratamentos e causas completamente diferentes, como é o caso da hidradenite supurativa, também conhecida como acne inversa. “Geralmente confundida com furúnculos ou espinhas grandes, a hidradenite supurativa é uma inflamação crônica da pele que se caracteriza pelo surgimento de inchaços e cistos profundos em regiões como axilas, mamas, virilha, genitais e glúteos, que liberam secreção purulenta e causam desconforto e dor”, explica a Dra. Paola Pomerantzeff, dermatologista e membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Afetando principalmente mulheres, a hidradenite supurativa é uma doença não contagiosa rara que atinge cerca de 1% da população mundial e ainda não possui causas bem estabelecidas. “A Sociedade Brasileira de Dermatologia considera a hidradenite supurativa como uma doença auto inflamatória, quando o organismo causa uma resposta inflamatória exagerada, provocando agressões à pele. Sabe-se ainda que a doença está relacionada à genética, mas outros fatores, como tabagismo, sobrepeso e alterações hormonais, também podem estar associados ao surgimento da condição”, diz a médica.  De acordo com a especialista, os sintomas da hidradenite supurativa podem incluir inflamação da pele e de suas estruturas (folículos pilosos) com o surgimento de “caroços” de vários tamanhos, vermelhidão intensa no local afetado, dor e saída de secreção.

Podendo surgir em qualquer idade, mas sendo mais comum após os 20 anos, a doença não possui cura, mas deve ser tratada para evitar complicações como infecções, cicatrizes, restrições de movimento (pelas cicatrizes), isolamento social e, em casos raríssimos, até mesmo câncer. “Por ser uma doença crônica, o tratamento da hidradenite supurativa visa o controle dos sintomas e prevenção de novos quadros. Geralmente, consiste no uso anti-inflamatórios e antibióticos. Em alguns casos, o médico pode recomendar também uma cirurgia”, destaca a dermatologista. A depilação a laser, por destruir os folículos pilosos onde a inflamação e infecção se instalam, também pode ser bastante benéfica. Além disso, é possível adotar alguns hábitos que auxiliam na prevenção da doença, como higienizar a pele diariamente, não fumar, dar preferência para depilação à laser e evitar o uso de roupas apertadas e desodorantes com fórmulas que podem irritar a pele. “Porém, caso você note o surgimento de tais lesões, o mais importante é que você consulte um dermatologista. Apenas ele poderá realizar um diagnóstico correto e indicar o melhor tratamento para você”, finaliza a Dra. Paola Pomerantzeff.



WordPress Video Lightbox
ENTRE EM CONTATO.
FALE CONOSCO OU ENVIE SUA MENSAGEM AGORA MESMO.
AQUI, NO SITE BELEZA TODAY, ESTAMOS SEMPRE PRONTOS A ATENDER A SUA SOLICITAÇÃO!


comercial@belezatoday.com.br | tel.: (+55 21) 2284-4336