Fazer agachamentos melhora a mobilidade funcional

imagem_release_491668O agachamento, muito praticado por quem deseja ter um abdômen trincado e pernas tonificadas, atribui muitos benefícios para o corpo. Entre eles, está a melhora da mobilidade funcional, dando mais velocidades em caminhadas e corridas.
Segundo o personal trainer Carlos Vidal, do Rio de Janeiro, esse exercício também ajuda a aumentar a densidade mineral óssea, reduzindo a chance de fraturas. “Sendo um exercício composto, o agachamento também melhora o desempenho em outros esportes, como futebol ou natação, por fortalecer as pernas e, ainda, auxiliar a perder peso”, explica.
Ele, que é bi-campeão carioca e bi-campeão brasileiro de fisiculturismo, diz que esse é um dos exercícios mais eficazes para tonificar os músculos da parte inferior do corpo. “O agachamento livre consiste no levantamento de uma barra posicionada sobre os ombros, entre o pescoço e as costas, utilizando a força dos membros inferiores do corpo”, esclarece.
O profissional listou algumas dicas que devem ser seguidas para que o exercício seja feito corretamente, sem lesionar o esportista.

Confira:
agachamento1- O tênis que você deverá utilizar não pode ter amortecedores ou ser muito alto, prefira modelos baixos e estáveis;
2- Caso você já esteja em um nível avançado, use o cinto de couro ou de tecido, ajuda a tirar a tensão da lombar;
3- Ao pegar a barra, caso seja muito pesada, peça ajuda a colegas ou treinadores no local;
4- Afaste as pernas na mesma linha dos ombros;
5- Posicione a barra de modo que fique confortavelmente apoiada em seus ombros, atrás do seu pescoço;
6- Você deve garantir que os joelhos não passem da ponta dos pés ao dobrá-los para realizar o agachamento;
7- Empine o bumbum, senão seus joelhos serão prejudicados;
8- As costas devem continuar retas, porém inclinadas para frente, para seguir o movimento do tronco ao empinar o bumbum e não sobrecarregar a lombar;
9- Segure o ar quando estiver descendo e solte quando subir;
10- Caso precise de ajuda no levantamento, o colega ou instrutor deve dar apoio ao tronco do seu corpo, e nunca puxá-lo cinturão ou pela barra.

Fonte: Carlos Henrique Vidal, personal trainer



WordPress Video Lightbox

    ENTRE EM CONTATO.
    FALE CONOSCO OU ENVIE SUA MENSAGEM AGORA MESMO.
    AQUI, NO SITE BELEZA TODAY, ESTAMOS SEMPRE PRONTOS A ATENDER A SUA SOLICITAÇÃO!


    comercial@belezatoday.com.br | tel.: (+55 21) 2284-4336