Conheça os tipos de acne e seus tratamentos

shutterstock_249479899Apesar de ser comum na adolescência, a acne pode aparecer também na fase adulta, tanto nos homens quanto nas mulheres, provocando manchas na pele. Segundo dados divulgados pela Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), acne é o problema dermatológico mais comum na população brasileira, afetando 56,4% das pessoas, além de ser o motivo que mais leva pacientes aos dermatologistas.
Para explicar melhor os três tipos de acne e seus tratamentos, a consultora da D’pil Brasil, Camila Torlai, comenta sobre cada um e dá dicas sobre como amenizar o problema:
Acne adolescente
Neste período, a principal causa da acne é o excesso de hormônios produzidos pelo corpo. “O acúmulo de oleosidade e de células mortas nos poros acaba resultando na obstrução e inflamação deles”, explica Camila. A principal região afetada por cravos e espinhas neste período é a chamada zona T do rosto (nariz, testa e queixo). Em alguns casos, elas podem aparecer também nas costas. Com o passar dos anos, o problema acaba diminuindo ou é resolvido por completo.
Acne genética
A predisposição genética é um dos fatores que influencia no surgimento de um tipo de acne mais grave. Quando os pais têm espinhas ou cravos, as chances dos filhos também terem é muito maior. “Por ser um tipo de acne que costuma aparecer por todo o rosto, é necessário um tratamento a base de medicamentos controlados indicados pelo dermatologista,” ressalta Camila. O tratamento deve ser iniciado o quanto antes para evitar marcas no rosto.
Acne adulta
acneApesar de nessa fase ser mais difícil o aparecimento de cravos e espinhas, algumas costumam surgir na zona V do rosto (queixo e bochechas). Geralmente, as mulheres são as que mais sofrem com a acne nesse período por alguns fatores. Além da pele oleosa, problemas hormonais também podem agravar o problema, portanto é importante consultar um dermatologista para saber o real motivo da acne. “A maquiagem também pode influenciar no surgimento de espinhas. Na hora de escolher os cosméticos, sempre de preferência para aqueles com fórmula “Oil Free”, pois eles são próprios para a pele oleosa e evita que o problema se agrave”, afirma Camila.
A acne pode ser classificada de acordo com sua gravidade, sendo elas acne grau I ou comedônica, acne grau II ou pápulo-pustulosa, acne grau III ou nódulo-cística, acne grau IV ou conglobata e acne grau V ou fulminas.
Como amenizar Manchas e Acne
fototerapiaExistem diversos tipos de tratamentos disponíveis para controlar espinhas e manchas. Em casos mais leves, pomadas e cremes indicados por um dermatologista costumam suavizar a acne. Já em casos mais graves, os tratamentos via oral com medicamento receitado pelo especialista são mais eficientes.
Graças ao avanço da tecnologia, hoje em dia é possível tratar a acne com outros recursos, como a fototerapia de manchas e acne. Após indicação do dermatologista, o paciente pode realizar as sessões para melhorar a acne e as manchas em qualquer parte do corpo.
“A frequência e o tempo de duração costumam variar de acordo com a recomendação do dermatologista. Geralmente, para a acne, as sessões são duas vezes por semana durante 30 dias. Já para manchas, as sessões acontecem a cada 10 dias”, afirma a consultora da D´Pil.
Como funciona a fototerapia
O tratamento ocorre por meio do combate da bactéria que causa a acne (propionibacterium acnes). Essa bactéria produz uma molécula chamada porfirina. A luz produzida pela fototerapia atinge a porfirina, que faz com que o processo inflamatório acabe e a bactéria causadora da acne seja destruída totalmente.
A fototerapia é indicada em casos de acne Grau II ou Pápulo-pustulosa (cravos e espinhas pequenas com inflamação intensa) ou acne Grau III ou Nódulo-cística (cravos e espinhas com lesões maiores e mais profundas como cistos e formação de pus).



WordPress Video Lightbox

    ENTRE EM CONTATO.
    FALE CONOSCO OU ENVIE SUA MENSAGEM AGORA MESMO.
    AQUI, NO SITE BELEZA TODAY, ESTAMOS SEMPRE PRONTOS A ATENDER A SUA SOLICITAÇÃO!


    comercial@belezatoday.com.br | tel.: (+55 21) 2284-4336