Confira 15 mitos e verdades sobre a prática da corrida

Correr faz bem para o corpo e para a mente. “Os benefícios para quem corre com orientação profissional são diversos, entre eles perda de peso, diminuição da gordura corporal e melhora da capacidade circulatória”, analisa a cardiologista Silvana Vertematti, médica do esporte do Complexo Hospitalar Edmundo Vasconcelos (SP).

Mas, ainda de acordo com a médica, é preciso conhecer os limites do próprio corpo antes de adotar o exercício no dia a dia. “As pessoas que exageram podem ter diversas consequências negativas, entre elas dores musculares e problemas nos joelhos”, alerta.

Para evitar problemas, uma avaliação médica é recomendada. “Nessas horas, um check-up com um profissional de saúde é muito importante para prevenir as lesões.”

Saber quando e como fazer alongamento, lidar com as dores musculares, agasalhar-se e a frequência ideal do exercício são algumas das dúvidas que podem tirar o sossego de quem gosta de praticar o esporte. Pensando nisso, a médica listou 15 mitos e verdades que você deve passar a limo antes de sair correndo.

Confira:
1• O alongamento tem de ser feito antes da corrida.

Verdade. Depois do exercício, o alongamento pode aumentar as microlesões que se formam na musculatura, responsáveis pelas famosas dores do dia seguinte ao exercício físico.

2• Correr ocasiona problemas no joelho.

Verdade. Fazer exercícios de impacto e alta intensidade com excesso de peso, realizar exercícios em excesso e de forma inadequada podem ser causas de lesões.

3• Cãibra é resultado da falta de potássio.

Verdade. Mas não só isso. Elas podem ser resultado do acúmulo de substâncias produzidas no metabolismo.

4• Correr é melhor do que andar.

Mentira. Devem-se avaliar as pessoas de forma individual. Para quem possui alguns problemas de saúde, a corrida tem que ser restrita.

5• É melhor correr na academia do que na rua.

Mentira. É melhor correr onde a pessoa se sinta melhor e motivada. Não há regras.

6• Deve-se evitar falar durante a corrida.

Verdade. Falar durante a corrida prejudica a respiração e a performance, além de tirar a atenção nos movimentos.

shutterstock_1093361097• É melhor correr com desafios no percurso (subidas, descidas etc.) do que em linha reta.

Mentira. Depende do condicionamento e treinamento de cada um. Uma pessoa que não está preparada para desafios de percurso tem mais chance de lesões.

8• Correr em jejum ajuda a emagrecer.

Mentira. Isso aumenta o risco de hipoglicemia e atrapalha o metabolismo, assim como a recuperação muscular. É proibido realizar exercícios em jejum.

9• Correr agasalhado ajuda a perder peso.

Mentira. Correr agasalhado apenas desidrata. A perda de peso observada é, na verdade, perda de água, o que não é saudável.

10• Quando o corpo dói, é melhor parar de correr.

Verdade. A dor pode ser sinal de que alguma coisa está errada.

11• Quem corre fica com bumbum e seios caídos.

Mentira. Não há nenhuma relação entre as duas coisas.

12• Correr descalço é melhor do que correr com tênis

Mentira. Não há evidências sobre isso. A verdade é que correr sem tênis pode aumentar o risco de lesões no corpo.

13• Quando sentir dor, é melhor passar pomada na região afetada.

Mentira. Esse não é um procedimento adequado. A pomada deve ser indicada por um médico após a avaliação da dor.

14• Quem corre perde massa magra.

Verdade. Se a pessoa não se alimentar adequadamente não for bem orientada, isso ocorre.

15• O ideal é correr 30 minutos por dia, todos os dias.

Verdade. A indicação é correr de 30 a 40 min por dia.



WordPress Video Lightbox

    ENTRE EM CONTATO.
    FALE CONOSCO OU ENVIE SUA MENSAGEM AGORA MESMO.
    AQUI, NO SITE BELEZA TODAY, ESTAMOS SEMPRE PRONTOS A ATENDER A SUA SOLICITAÇÃO!


    comercial@belezatoday.com.br | tel.: (+55 21) 2284-4336