Tônicos capilares: um santo remédio!

Quando o produto anticaspa e o xampu para cabelos oleosos deixam de funcionar, é hora de procurar o dermatologista. Nesse momento, os tônicos capilares entram em cena. Eles são boas apostas para tratar de problemas no couro cabeludo, melhorar a textura dos fios e prevenir (ou até mesmo corrigir) a queda de cabelo.
shutterstock_175020824Quem sofre com o excesso de oleosidade ou de caspa no couro cabeludo pode contar com os tônicos capilares. Eles são infusões repletas de ativos e nutrientes que, quando bem indicados, evitam, reduzem ou até eliminam a queda de cabelos e a dermatite seborreica. Podem ser manipulados ou comprados prontos, mas devem ser usados sempre de acordo com a prescrição médica. Seu uso frequente e bem recomendado promove outros benefícios. Por exemplo? Os fios ganham mais vigor e, de quebra, uma vida prolongada. Os tônicos ajudam, ainda, no crescimento dos fios finos, que se tornam mais fortes.
Embora pairem dúvidas sobre seu real poder, os tônicos capilares conferem resultados reais, afirmam os especialistas. Logo nas primeiras aplicações é possível sentir alívio nos casos de coceira, por exemplo. O mecanismo de ação dos tônicos se deve à promoção da vasodilatação nos capilares do couro cabeludo. Assim, ocorre um aumento do fluxo sanguíneo nos folículos pilosos, que ao serem nutridos, entram em fase de estimulação capilar. A vantagem é que eles podem interagir com diferentes produtos, pois as loções não interferem no uso de outros cosméticos.
Antes de começar a usá-los, no entanto, é importante passar por uma consulta com o dermatologista. Só esse profissional poderá especificar os ativos ideais para cada tipo de problema. Os mais funcionais são o piritionato de zinco, a piroctone olamina e o ácido salicílico. “Outras substâncias, tais como o bioex capilar,o folicusan e a finasteride (de uso tópico) podem ser formulados conjuntamente a fim de potencializar as funções terapêuticas”, explica o dermatologista Fernando Passos de Freitas, da Clínica Charles Yamaguchi, em São Paulo.

Na prescrição médica estarão detalhados os componentes necessários e suas respectivas dosagens, além do veículo mais recomendado. As respectivas quantidades também devem ser prescritas, bem como a posologia, ou seja, o número de aplicações a serem realizadas e por quanto tempo.

Indispensável contra a queda

Sabe-se que uma pessoa perde, em média, cerca de 100 fios de cabelos por dia. “Quando se percebe que a queda se tornou excessiva, pode ser indício de processos inflamatórios”, diz a dermatologista e cirurgiã capilar Leila Bloch, de São Paulo. O ideal é mesmo a prevenção. Nesse contexto, os tônicos capilares atuam como importantes aliados, pois tornam os folículos mais resistentes, fortes e saudáveis. Na formulação desses produtos existem componentes que agem igualmente na estrutura dos fios, proporcionando textura suave e brilhante.
Preferencialmente, o tônico deve ser usado à noite, antes de dormir. Aplica-se no couro cabeludo apenas para umedecer, sem encharcar, massageando-se suavemente e sem deixar escorrer o produto pelo rosto. “Os cabelos devem ser lavados ao acordar, pois o cabelo fica com aspecto oleoso”, explica a dermatologista. Dependendo do caso e da formulação, o médico pode prescrever aplicações locais duas vezes ao dia. O dermatologista Fernando Passos de Freitas também costuma recomendar que o tônico seja aplicado em todo o couro cabeludo com tempo de pausa de 10 a 15 minutos. Em seguida, os cabelos devem ser lavados.
Vale ressaltar que os tônicos não são protagonistas no tratamento contra a queda, mas sim coadjuvantes de medicamentos orais, em cápsulas. “Para ajudar na restauração e na saúde dos folículos capilares, os ativos antiqueda devem ter efeito antiinflamatório e antioxidante, além de se fixarem bem no couro cabeludo”, diz a Dra. Leila.

Atenção, grávidas!
Os tônicos capilares não oferecem risco à saúde, segundo o dermatologista Fernando Passos de Freitas. Mas é claro que se for utilizado de forma inadequada ou manipulado em dosagens não convencionais, pode provocar algum tipo de hipersensibilidade no couro cabeludo dando origem a dermatites de contato ou até mesmo queda de cabelo, dependendo do grau do processo inflamatório local.
Existem algumas fórmulas milagrosas que eventualmente aparecem à venda e começam a se propagar no boca a boca. Utilizar produtos sem prescrição médica e sem comprovação científica pode trazer problemas. Os mais freqüentes são alergias e inflamações chegando até ao efeito contrário ao que era desejado: queda dos fios.
Durante a gestação, existem algumas precauções em relação a algumas substâncias derivadas de plantas medicinais e componentes dos tônicos capilares. É necessária uma avaliação médica quanto à dosagem e que tipo de ativo estaria sendo utilizado.

O Famoso Jaborandi
O jaborandi aparece muito nas formulações dos tratamentos de couro cabeludo, como oleosidade e queda de cabelo. Com eficácia conhecida e sem causar efeitos adversos, tornou-se importante componente de xampus e tônicos capilares, ativando a circulação sanguínea, promovendo uma melhor oxigenação e nutrição da raiz e favorecendo dessa forma o crescimento capilar. Quando associado a vitaminas A, B e E ajuda ainda no fortalecimento dos fios.
A tintura de jaborandi contém um ativo chamado pilocarpina, com ação tônica e estimulante ao ser usada em fricções locais. “Mas já existem outras substâncias que podem substituí-lo como a procianidina B2, obtida de espécies vegetais como a uva e maçã”, explica Simone Ribeiro, farmacêutica da Dermage.
Esse componente age como um forte estimulador do crescimento das células epiteliais capilares, além de poderoso antioxidante e favorecer também o crescimento capilar.



WordPress Video Lightbox

    ENTRE EM CONTATO.
    FALE CONOSCO OU ENVIE SUA MENSAGEM AGORA MESMO.
    AQUI, NO SITE BELEZA TODAY, ESTAMOS SEMPRE PRONTOS A ATENDER A SUA SOLICITAÇÃO!


    comercial@belezatoday.com.br | tel.: (+55 21) 2284-4336