Calvície pode ser camuflada com micropigmentação

micropigmentaçãoÉ normal perder até 100 fios por dia, mas quando você nota uma queda frequente dos fios pode ser um sinal de início de alopécia. A doença acomete homens e mulheres, sendo caracterizada pela queda de cabelo. De acordo com a Organização Mundial de Saúde, 50% da população masculina mundial terá algum grau de alopécia androgenética, conhecida como calvície.
A causa pode ser genética ou está associado à testosterona, hormônio masculino. “É um processo de afinamento e queda de cabelo interferindo na aparência e autoestima de homens e mulheres”, afirma Vanessa Silveira , mestra em micropigmentação fio a fio 3D.
As mulheres também não estão livres de sofrer com a calvície. O desequilíbrio hormonal durante a menopausa, alterações na tireoide, estresse, anemia, procedimentos estéticos como escovas, couro cabeludo inflamado ou herança genética estão entre as causas femininas da alopecia.
Sinais da Calvície
O problema pode se manifestar em diversos graus:

  • Grau I: afinamento do cabelo na parte superior da cabeça, redução do volume e crescimento lento do cabelo.
  • Grau II: rarefação acentuada permitindo que se veja o couro cabeludo através do cabelo.
  • Grau III: os fios se tornam finos e frágeis. Nesse grau a calvície já está instalada, sendo necessário buscar um tratamento.

Tratamento não invasivo para calvície
Quem teme as agulhas e os implantes para recuperar os cabelos perdidos pode apostar em uma nova técnica que é a micropigmentação. “Essa técnica é conhecida para disfarçar as imperfeições na sobrancelha. Mas, o que muitas pessoas não sabem é que o procedimento evoluiu e agora é uma opção de tratamento para queda de cabelo e alopecia em homens e mulheres”, diz Vanessa.
A micropigmentação é recomendada para calvície, rarefação dos cabelos, cicatrizes visíveis no couro cabeludo como consequência de cirurgias ou transplante e acidentes. “O procedimento consiste na reprodução de folículos de cabelo por meio de agulhas e de pigmentos. Durante a sessão é feito um traçado no couro cabeludo fio a fio em 3D de acordo com o tom de cabelo do cliente. Após concluir a implantação de pigmentos, o resultado é um aspecto de cabeça raspada”, explica Vanessa.
Dependendo da falha no couro cabeludo, o cliente pode optar em apenas camuflar o fundo da cabeça com a micropigmentação preenchendo a região. “O resultado final é muito positivo, pois cobre toda área que não tinha mais cabelo”, frisa.
A sessão tem duração de 1 a 2 horas e o processo de cicatrização dura em média 30 dias por região micropigmentada. “Durante o tratamento, o cliente pode sentir um formigamento leve. Mas, antes de iniciar o procedimento é aplicado um creme anestésico”, ressalta a especialista.
Após um ano pode ser feito uma nova aplicação para restaurar o pigmento. Pessoas que usam marca passo, diabetes, anêmicas acabam necessitando de mais aplicações.



WordPress Video Lightbox

    ENTRE EM CONTATO.
    FALE CONOSCO OU ENVIE SUA MENSAGEM AGORA MESMO.
    AQUI, NO SITE BELEZA TODAY, ESTAMOS SEMPRE PRONTOS A ATENDER A SUA SOLICITAÇÃO!


    comercial@belezatoday.com.br | tel.: (+55 21) 2284-4336