Novidades do meeting de dermatologia

A radiofrequência que elimina o papinho embaixo do queixo, o laser que registra o percentual de redução de gordura, permitindo acompanhar os progressos obtidos a cada sessão, e a nova tecnologia para remoção de tatuagens são algumas novidades do mais importante encontro mundial do setor, o meeting da Academia Americana de Dermatologia (AAD), que aconteceu em São Francisco, nos Estados Unidos, de 20 a 24 de março.

shutterstock_192562373Desenvolvida em Harvard pela maior autoridade do mundo nessa tecnologia, o Dr. Rox Anderson, técnica que associa partículas de ouro ao laser de diodo LightSheer abre novas possibilidades para o controle da acne.
“Colocadas sobre a pele, essas partículas se depositam no folículo sebáceo. Aplicado em seguida, o laser aquece o local e destrói parcial ou totalmente as glândulas sebáceas,” explica a dermatologista Valéria Campos, especialista em dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) e mestre pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP).
A médica destaca, ainda, o uso do laser fracionado ablativo, que permite atuar mais profundamente, e com segurança, no tratamento de cicatrizes. “Podem ser associados medicamentos para fazer o drug delivery, com excelentes resultados também em queloides,” assinala.
A técnica do drug delivery, tendência que se confirma cada vez mais, está sendo usada com sucesso não só para acne como em melasmas, micoses, psoríase e também para atenuar os sinais do envelhecimento. “O laser rompe a barreira cutânea e permite a penetração de princípios ativos,” destaca a médica.
Outra novidade, o software Vectra 360, específico para peles negras, fotografa manchas e lesões, analisa a degradação do colágeno, o fotoenvelhecimento, o contorno corporal e a perda de gordura. “O dermatoscópio pode ser acoplado a Iphones e Ipads, uma grande tendência,” destaca a dermatologista carioca Paula Bellotti, membro efetivo da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) e da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica (SBCD).
A dermatologista Jomara Estefaneli, do Instituto da Pelle Madureira, no Rio de Janeiro, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) e da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica (SBCD) diz que os benefícios da alimentação, tanto para a prevenção de rugas e manchas, como para evitar o câncer de pele foram um dos temas mais abordados no meeting. “Embora não seja novidade, o poder antioxidante do resveratrol foi mais uma vez destacado, ao lado de estudos sobre outros benefícios desse ativo, inclusive na prevenção do câncer de mama e intestino,” relata.

“Os danos da luz visível emitida por aparelhos domésticos também foram objeto de debate, sobretudo no que diz respeito à formação de manchas resistentes,” alerta a dermatologista Katleen Conceição, chefe do Ambulatório de Pele Negra da Santa Casa de Misericórdia do Rio de Janeiro, com título de especialista pela Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD).

“É preciso reforçar a proteção diária com filtros solares tonalizantes e de alto fator de proteção. Trabalhos científicos demonstraram melhora significativa do melasma com o uso de ácido tranexâmico via oral, superior à obtida com o mesmo ácido na forma tópica. Também são indicadas aplicações a laser, como o NDYag e os lasers fracionados. Para pigmentação da pele afetada pelo vitiligo foram apresentados tratamentos com antioxidantes via oral,” relata.

Equipamentos de ponta

CoolTech
Utiliza a criotecnologia, que promove o congelamento seletivo das células do tecido adiposo. Elas são eliminadas pelo metabolismo natural do organismo gradualmente. “O tratamento, não invasivo e indolor, é recomendado para gordura localizada no abdômen, braços, costas, flancos, culotes, glúteos e face interna das coxas e joelhos,” diz a dermatologista Cláudia Marçal, do Espaço Cariz, em Campinas, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD).

Clearlift
O equipamento ganhou quatro novas ponteiras Elektra para diferentes profundidades, permitindo tratamento personalizado. “Por não ser ablativo, é uma excelente opção para áreas sensíveis como rosto, pescoço e colo, sendo indicado para tratar manchas causadas pelo sol, melasma e atenuar ruguinhas,” explica a dermatologista Daniela Lemes, diretora médica da Daniela Lemes Dermatologia & Laser, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da Sociedade Brasileira de Laser em Medicina e Cirurgia.
I Lipo Xcell
A cada sessão, a plataforma grava o percentual de redução do tecido adiposo, permitindo acompanhar os progressos obtidos.

“A radiofrequência multipolar melhora a elasticidade, firmeza e textura da pele. O tratamento é seguro e confortável. A combinação de massagem a vácuo, após o laser, aumenta a drenagem linfática, melhora a circulação e permite alcançar níveis mais profundos, potencializando os resultados,” completa a dermatologista Claudia Marçal.

Laser em picossegundos
Os lasers tradicionais atuam em nanossegundos (10-9s). Atraídos pelo pigmento, agem também sobre o tecido que o circunda.
“Os lasers que atuam em picossegundos (10−12) utilizam uma tecnologia de onda de pressão para quebrar o pigmento em minúsculas partículas, o que facilita sua eliminação pelo organismo. O tecido danificado é eliminado, enquanto a área circundante permanece inalterada,” explica a Dra. Valéria Campos.
A tecnologia é indicada tanto para remoção de tatuagens como para terapias de rejuvenescimento. “O mais interessante para nós, brasileiros, é que a técnica tem resultados melhores na pele mais morena, já que a melanina atrai o laser, sem efeitos colaterais,” ressalta a médica.

Sutura Silhouette Corporal
Consagrada para tratar a flacidez do rosto, a Sutura Silhouette agora pode ser utilizada no abdômen, glúteos, parte interna de coxas, braços e acima dos joelhos. Os fios estimulam a formação de novas fibras colágenas, regeneram a pele e melhoram a flacidez.

“O procedimento é indolor, não necessita de cortes e pode ser feito em consultório, com anestesia local. Basta uma sessão. Os resultados duram até dois anos,” diz o dermatologista Jardis Volpe, da Clínica Volpe, e membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia.
ThermiLift
Utiliza radiofrequência. Indicado para flacidez de corpo e rosto, necessita de uma única sessão. “Por meio de um micro-orifício, uma espécie de cânula transmite calor à derme e ao tecido subcutâneo, melhorando bastante a flacidez de diversas áreas, como o ‘papinho’ abaixo do queixo. Indicado, também, para braços, parte interna das coxas e joelhos,” relata a dermatologista Jomara Estefaneli.

Velashape III
Trata celulite e gordura localizada. O aparelho utiliza radiofrequência bipolar e ondas de luz infravermelha, associadas ao mecanismo de sucção a vácuo (endermologia). “A vantagem em relação ao Velashape II é que o novo equipamento é mais potente. Em vez de oito a dez sessões pode ser feita apenas uma sessão longa, ou três mais curtas, com intervalo de uma semana,” diz a Dra. Jomara Estefaneli.



WordPress Video Lightbox

    ENTRE EM CONTATO.
    FALE CONOSCO OU ENVIE SUA MENSAGEM AGORA MESMO.
    AQUI, NO SITE BELEZA TODAY, ESTAMOS SEMPRE PRONTOS A ATENDER A SUA SOLICITAÇÃO!


    comercial@belezatoday.com.br | tel.: (+55 21) 2284-4336