Lábios rachados: conheça as causas e saiba como tratar

Um dos piores efeitos colaterais do clima frio é lidar com lábios secos, rachados e doloridos. Às vezes, parece que nenhuma quantidade de protetor labial pode ajudar. “A porção dos lábios que fica exposta ao meio ambiente é formada por um tecido sensível sem queratina, proteína morta que está presente na pele e tem papel de barreira protetora”, explica a dermatologista Dra. Paola Pomerantzeff, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia. O frio, em específico, causa desidratação. “Durante o inverno, há uma diminuição da produção natural das glândulas que lubrificam a região, então a pele fica realmente menos hidratada. Além disso, o clima seco facilita a perda de água transepidermal na região”, afirma. A médica conta abaixo algumas atitudes que podem piorar o ressecamento dos lábios:

Girl Making Herself Up Applying Lip Gloss

Lamber os lábios

No começo, você até sente que houve uma hidratação, mas não funciona dessa forma. “Isso provoca uma diminuição do pH, já que a saliva tem pH mais ácido e piora ainda mais o ressecamento. Há aquela sensação imediata que houve um umedecimento da região, mas logo depois, acontece a formação de microfissuras, de ardência e vermelhidão local”, afirma. À medida que a saliva seca e evapora, ela retira a umidade da pele. Lamber os lábios repetidamente também pode deixá-lo preso em um ciclo de molhar e secar os lábios, e pode até levar a algo chamado “dermatite labial”, uma dermatite de contato irritante ao redor dos lábios caracterizada por vermelhidão e ressecamento na região. “A melhor maneira de tratar os lábios secos é evitar lamber e, em vez disso, aplicar emolientes leves com frequência para fornecer hidratação externa”, diz a médica.

Limpar o rosto com água quente

A limpeza com água quente pode tornar os lábios secos ainda piores, porque ela realmente extrai a umidade dos lábios enquanto evapora. “A água quente retira os óleos naturais que mantêm os lábios hidratados. E isso também se aplica ao seu tempo no chuveiro, quando a água quente entrar em contato com seus lábios. Nesse caso, prefira sempre água morna ou fria.

Exposição ao sol

A exposição ao sol pode piorar os lábios rachados, por isso é importante usar protetor labial com SPF para manter seus lábios protegidos, especialmente quando em exposição direta aos raios ultravioleta. “Além das baixas temperaturas, o sol é outro agressor importante. Os fototipos 1 e 2, ou seja, pacientes de peles mais claras são os mais acometidos por ressecamentos e por queimaduras causadas pelo sol. A queimadura causada pelo sol muda a estrutura celular e o lábio pode, com o tempo, ficar mais ressecado, descamativo, com surgimento de fissuras e rachaduras”, explica.

Usar bálsamos labiais aromatizados

As fragrâncias, que são comumente encontradas em protetores labiais, podem irritar a pele e aumentar o potencial de rachaduras. É fundamental evitar o uso de qualquer produto com fragrância e o melhor é aplicar um protetor labial com hidratantes adequados e FPS sem adição de cores ou perfumes para evitar a evaporação da umidade dos lábios e possível sensibilização com irritação e dermatite.

Aplicar ingredientes irritantes

Nem todos os hidratantes labiais são criados iguais. “Eu recomendo evitar o uso excessivo de hidratantes labiais com ácido salicílico, que é um esfoliante que remove as células mortas da pele”, diz a médica. “O uso muito frequente de ácido salicílico pode causar irritação e ressecar ainda mais os lábios”. Outros ingredientes que devem ser evitados são mentol ou hortelã-pimenta – comumente adicionados aos hidratantes para essa sensação refrescante e relaxante. Ela também recomenda evitar o aldeído cinâmico, o composto químico que dá sabor à canela, o que pode causar irritação na pele sensível.

Como tratar o problema – O ideal é começar usando produtos com ingredientes hidratantes (como ceramidas e ácido hialurônico) juntamente com ingredientes que selam a umidade (como lanolina ou cera de abelha) para “a combinação perfeita para lábios macios e hidratados”. O produto deve ser usado duas vezes ao dia, ou conforme a necessidade para manter a hidratação labial. Os batons com ingredientes seguros, livre de ingredientes irritantes, podem ser usados sem parcimônia. “Também é aconselhável beber mais água e usar um umidificador em casa para manter a umidade do ar durante os meses frios e secos de inverno”, acrescenta ela. Mas fique atento: se mesmo com esses cuidados, a irritação e secura continuar, procure um médico, pois isso pode ser sinal de uma questão subjacente. “Lábios secos e rachados às vezes podem ser um sinal de deficiências vitamínicas, doença inflamatória intestinal, infecções fúngicas, dermatite de contato, dano solar excessivo, dentaduras mal ajustadas ou efeitos colaterais de medicamentos”, finaliza.



WordPress Video Lightbox