Estética na gravidez: saiba quais procedimentos estão liberados

A gravidez é um momento marcado por intensas transformações emocionais e corporais, que em alguns casos pode prejudicar um pilar essencial para muitas mulheres: a vaidade. Como uma tentativa de minimizar alguns efeitos que a gestação tem sobre o corpo ou até mesmo para dar um up na autoestima, muitas recorrem a procedimentos estéticos, porém nem todos são recomendados.

A esteticista e fundadora da clínica Slimcenter Thaís Mugani explica que durante a gravidez a mulher pode sim recorrer a tratamento estéticos, porém apenas àqueles que não são invasivos ou que se utilizam de técnicas que podem prejudicar a saúde do bebê. “A drenagem linfática é um exemplo de tratamento benéfico para a grávidas, que tendem a ter um aumento na retenção de líquido, sendo eficaz em liberar as toxinas ruins e diminuir o aspecto de inchaço”.

Comumente usado para trazer bem estar, a rotina de skin care com hidratação e limpeza facial é outro procedimento no ramo da estética que pode ser utilizado em grávidas. “Nesses caso, a grávida precisa estar atenta aos rótulos, visto que produtos que contém chumbo, ureia e cânfora na composição são contraindicadas de acordo com as normas da Anvisa”, alerta.

Já intervenções estéticas a bases de equipamentos e luzes artificiais, como é o caso da radiofrequência e corrente russa não podem ser realizados nesse período, sendo recomendados apenas após o parto. “A corrente russa é inclusive um ótimo procedimento de pós-parto, pois ajuda a diminuir a diástase abdominal, caraterizada pelo afastamento dos músculos, o que pode causar flacidez na região da barriga”, aponta.

Já alguns procedimentos estéticos só são permitidos após a lactação, como é o caso dos que levam substâncias injetáveis — preenchimento e botox —,  ou que tenham princípios ativos como a cafeína, guaraná e outros aceleradores metabólicos. “Esses ativos quando caem na corrente sanguínea vão direito para o leite materno, podendo ser ministrados apenas quando a mulher finaliza o período de lactação”, explica.

Seja na gravidez, puerpério ou no período de lactação, Thaís Mugani alerta que qualquer procedimento estético deve ser conversado e autorizado pelo obstetra e pediatra. “Observando e seguindo os cuidados necessários, é possível que a mulher siga com sua rotina de cuidados e curta com o bem-estar estar e autoestima esse momento único que é a gravidez”, defende.



WordPress Video Lightbox
ENTRE EM CONTATO.
FALE CONOSCO OU ENVIE SUA MENSAGEM AGORA MESMO.
AQUI, NO SITE BELEZA TODAY, ESTAMOS SEMPRE PRONTOS A ATENDER A SUA SOLICITAÇÃO!


comercial@belezatoday.com.br | tel.: (+55 21) 2284-4336