Como aliviar o desconforto do calor durante a gravidez

iStock_000010984815XSmallO obstetra Osvaldo Coura Filho, do Hospital e Maternidade Santa Lúcia, explica que, apesar das altas temperaturas registradas, é possível para as mulheres grávidas atenuar os efeitos negativos do forte calor. Confira as orientações do médico para que as gestantes possam aproveitar as alegrias do verão sem nenhum sofrimento.

Pressão baixa

O calor forte pode fazer com que as grávidas apresentem quedas de pressão, que causam tontura e fraqueza. Osvaldo recomenda ingerir bastante líquido e deitar-se ou sentar-se com as pernas elevadas. “Consuma muita água, bebidas isotônicas ou água de coco. Elas repõem os nutrientes perdidos com o suor em demasia. Procure também repousar, dentro do possível”, aconselha.

O especialista revela ainda que as crises de tontura podem baixar os níveis de açúcar no sangue – situação conhecida como hipoglicemia. Para evitar isso, lance mão do consumo de carboidratos, presentes em pães, massas, arroz, cereais e leguminosas. “Procure ainda levantar-se da cadeira calmamente e, ao se deitar, prefira a posição lateral em vez de ficar com a barriga para cima”, indica.

Enjoos

Caso a gestante sinta-se incomodada por enjoos durante a estação mais quente do ano, observe se a questão piora durante ou após a escovação dos dentes. “Nesse caso, procure utilizar uma nova marca de creme dental. Não melhorando, converse sobre o problema com seu médico, pois existem medicamentos específicos para enjoos”, explica Osvaldo.

Outras dicas contra os indesejados enjoos é mascar chicletes – preferencialmente, sem açúcar – ou fazer pequenas refeições ao longo do dia, evitando que o estômago fique vazio por muito tempo.

Inchaços

O inchaço – característico nas gestantes – costuma surgir no final do dia, após longos períodos de pé ou sentada, principalmente nas futuras mamães que trabalham fora. Em geral, os sintomas apresentam-se nos pés, tornozelos, mãos e dedos. Osvaldo sugere que se evite permanecer em uma posição durante muito tempo, além do uso de roupas confortáveis e meias de média compressão. “Também oriento o repouso com a elevação das pernas, para o estímulo da circulação sanguínea.” Se o inchaço vier acompanhado de pressão arterial alta, pode ser um indício de pré-eclâmpsia, situação grave e que necessita de acompanhamento médico.

iStock_000008583372XSmallAumento da temperatura corporal e exposição solar

A temperatura corporal da gestante é naturalmente maior – o que pode causar desconfortos durante o forte calor. Osvaldo Coura Filho aconselha evitar exposição solar nos dias mais quentes, principalmente durante a prática de exercícios físicos. “Beba bastante líquido e não use roupas apertadas. No fim do dia, é muito importante fazer um repouso em um ambiente confortável e bastante arejado”, diz.

O especialista explica ainda que, na intenção de amenizar o problema, algumas mulheres usam hidratantes que conferem à pele uma sensação refrescante, mas que as substâncias desses produtos são prejudiciais. “Cremes refrescantes com cânfora e mentol em suas fórmulas não devem ser utilizados por gestantes. O ideal é usar cremes leves ou próprios para a ocasião, receitados pelo médico assistente”, recomenda.

Segundo o obstetra, os hormônios das gestantes são os maiores responsáveis pelo surgimento das temidas manchas marrons durante a gravidez, geralmente nas bochechas, no nariz e próximo aos olhos. Essas alterações pigmentares, chamadas de cloasma gravídico, podem ocorrer em 75% a 90% das mulheres grávidas. “A gestante não deve, em hipótese alguma, se expor ao sol sem a proteção de filtro solar, que deve ser escolhido considerando-se o tipo de pele.” O filtro solar deverá ser utilizado mesmo sem exposição direta ao sol, preferencialmente antes das 10h e após as 17h.



WordPress Video Lightbox

    ENTRE EM CONTATO.
    FALE CONOSCO OU ENVIE SUA MENSAGEM AGORA MESMO.
    AQUI, NO SITE BELEZA TODAY, ESTAMOS SEMPRE PRONTOS A ATENDER A SUA SOLICITAÇÃO!


    comercial@belezatoday.com.br | tel.: (+55 21) 2284-4336