Aprenda como usar o ácido retinol em sua rotina de beleza

O ser humano, na busca intensa por uma pele mais bonita e conservada, acaba usando produtos cosméticos exageradamente sem ter o verdadeiro conhecimento sobre eles, o que pode causar danos ao tecido caso aplicados erroneamente. Um dos ingredientes que vêm ganhando espaço no mundo de beleza é o retinol, ácido derivado da vitamina A, que promove uma renovação celular mais rápida e tem a capacidade de resolver inúmeros problemas de pele, porém, devido à falta de informação, as pessoas ficam com certo medo de usá-lo e ter a pele prejudicada. “Na verdade, o retinol é extremamente benéfico para o tecido cutâneo, pois ele age no DNA da célula, aumentando a capacidade de renovação da pele. Ele é capaz de aumentar a produção de colágeno e elastina que resulta na atenuação e principalmente, na prevenção de rugas e linhas de expressão, reduz irregularidades e pigmentações na pele e evita o brilho excessivo causado pela oleosidade”, explica a dermatologista Dra. Paola Pomerantzeff, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia. Confira algumas medidas que devem ser tomadas para manter uma rotina saudável e rejuvenescedora utilizando esse ingrediente:

Evite irritação com uma fórmula segmentada – Como prevenção contra pele seca e irritada e melhores resultados, utilize o retinol com ingredientes hidratantes. “O retinol e o ácido hialurônico, por exemplo, quando combinados, formam um par perfeito para hidratação e melhor textura da pele, com uma aplicação leve e fácil no paciente”, afirma a dermatologista.

Mantenha o produto nas “cápsulas” – Esses ativos, quando estão protegidos em nanocápsulas, também ajudam a resguardar o ingrediente sensível que está contido dentro. “Esse formato de nanocápsula previne a substância de qualquer exposição externa, e assim preserva toda sua potência” explica a médica. Segundo um estudo feito pela Elizabeth Arden, importante marca de cosméticos, o retinol em nanocápsula é 76% mais efetivo e potente do que um retinol não encapsulado.

Use o retinol à noite – Usar o produto somente à noite é essencial.  “Como o retinol é fotossensibilizante, ele ocasiona sensibilidade e irritação da pele, quando aplicado pela manhã. Após a aplicação noturna, no dia seguinte, a pele deve ser bem higienizada para evitar os problemas do contato do ativo com a radiação do sol. O ideal seria, após limpeza da pele, aplicar uma vitamina C e um filtro solar com FPS mínimo 30. Além de evitar a exposição solar excessiva”, afirma.

Proteja-se do sol durante o período da aplicação – “Embora o retinol possa ser usado em qualquer época do ano, é essencial que o paciente passe protetor solar de no mínimo FPS 30 e se prive da exposição solar durante seu uso. “Cremes antioxidantes também são bem-vindos pela manhã, antes do protetor solar”, comenta Dra. Paola.

Proibido utilizar enquanto estiver grávida – “Enquanto o retinol pode ser efetivo para basicamente todas as pessoas, para as mulheres grávidas e que estão amamentando seu uso é proibido. Isso porque, nesse grupo, a vitamina A e seus derivados podem prejudicar a saúde do bebê”, afirma a médica.

Não faça uso exagerado – “Usar retinol mais do que a quantidade recomendada não tornará o produto mais eficaz, e sim mais irritante para a pele’, explica Dra. Paola. “Consulte sempre seu médico, que poderá orientar a aplicação correta do produto”, finaliza a dermatologista



WordPress Video Lightbox