Aparelhos que removem cravos por meio de sucção podem causar lesões na pele

Cravos são um desconforto estético para muitas pessoas, que utilizam das mais diversas técnicas para se verem livres destes poros entupidos de sebo e óleo.  Uma dessas técnicas consiste na remoção das impurezas presentes nos poros por meio de gadgets conhecidos como removedores de cravos ou aspiradores de poros. Mas, afinal, esses aparelhos realmente funcionam? “Ao contrário dos cosméticos, que atuam sobre os cravos através da esfoliação e dissolução do sebo e células mortas, os removedores de cravos utilizam a sucção para extrair fisicamente as sujidades de dentro dos poros”, explica a dermatologista Dra. Paola Pomerantzeff, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia. “O problema é que esses aparelhos podem ser perigosos quando utilizados da maneira incorreta, pois a grande pressão exercida pelo dispositivo sobre a pele pode provocar o surgimento de lesões como cicatrizes, manchas, vasinhos e hematomas.”

Segundo a dermatologista, o uso do aparelho é ainda mais arriscado para pacientes que sofrem com rosácea, pele sensível ou vasinhos no rosto, já que força da sucção pode agravar essas condições. “Além disso, esses aparelhos também são pouco eficazes e funcionam apenas como uma solução temporária, já que os poros tendem a entupir novamente após certo tempo”, alerta a especialista. Ainda assim, caso você deseje utilizar o aparelho, é importante preparar e higienizar a pele corretamente antes do uso. Vale a pena também utilizar toalhas umedecidas com água morna para ajudar na abertura dos poros e amolecimento dos cravos, diminuindo assim o risco de complicações. “Mas lembre-se que esse método é apenas um coadjuvante da rotina skincare e não substitui a limpeza de pele”, ressalta.

Então, se você quer ver sua pele realmente livre dos cravos com segurança, o ideal é focar na prevenção e tratamento através de uma rotina diária de cuidados com a pele. “A pele que tem tendência a cravos e espinhas está constantemente formando estas alterações, mesmo quando nós não conseguimos enxergá-las. Por isso, precisa de tratamento contínuo para se manter saudável. O recomendado então é utilizar cosméticos formulados com ativos como ácido azeláico, retinóides e ácido salicílico. A limpeza da pele duas vezes por dia e a esfoliação semanal também são passos que ajudam a prevenir o aparecimento de cravos e espinhas”, completa a especialista.

Além disso, sessões de limpeza de pele com um profissional capacitado são fundamentais para a extração dos cravos já instalados na pele. Existem também medicamentos orais que podem acabar definitivamente com o problema em casos mais graves. Porém, a Dra. Paola Pomerantzeff ressalta que cada paciente deve ser examinado e avaliado individualmente para que o melhor tratamento seja indicado. Dessa forma, caso você sofra constantemente com cravos e espinhas, o ideal é que você consulte um dermatologista.



WordPress Video Lightbox

    ENTRE EM CONTATO.
    FALE CONOSCO OU ENVIE SUA MENSAGEM AGORA MESMO.
    AQUI, NO SITE BELEZA TODAY, ESTAMOS SEMPRE PRONTOS A ATENDER A SUA SOLICITAÇÃO!


    comercial@belezatoday.com.br | tel.: (+55 21) 2284-4336