Implante de silicone e a contratura capsular

Como toda e qualquer cirurgia, a mamoplastia de aumento também poderá ter complicações. É referenciada várias vezes a possibilidade de ocorrência de contratura capsular, uma complicação que pode atrapalhar o sonho das mulheres que colocam implantes mamários.

A contratura capsular é definida como perda de elasticidade da cápsula que envolve o implante, uma camada de tecido de cicatrização anormal que às vezes se forma em torno de implantes mamários causando desconforto e firmeza. É formada por tecido conjuntivo (fibrose) e é um fenômeno natural, após qualquer cirurgia que envolva materiais sintéticos. O organismo inicia uma ação de defesa e o sistema imunológico desenvolve uma cicatriz interna sob a forma de várias camadas sobre a prótese.

Quando essa reação é muito intensa ocorre maior produção de fibrose, que se traduz numa menor elasticidade desta cápsula, o que caracteriza o processo de contratura (maior rigidez). Como resultado, a mama pode sentir dor e rigidez, e  a cápsula pode afetar a aparência ou forma da mama, assumindo uma forma distorcia ou assimétrica. É um dos problemas mais comuns encontrados após o aumento do peito e pode exigir cirurgia adicional para reparar.

Apesar de ser referida como a complicação mais frequente de ocorrer em cirurgias de implante mamário, com o desenvolvimento de implantes mais modernos, preenchidos com gel de silicone de alta coesividade e com a superfície texturizada ou de poliuretano, a incidência de contratura capsular caiu drasticamente, sendo atualmente inferior a 5% de acordo com diferentes estudos. Além disso, as contraturas capsulares atuais tendem a ser menos severas que as que antigamente se verificavam.

Em casos de contraturas leves conseguimos melhorar através do uso de medicações , mas em casos mais severos a cirurgia de troca dos implantes é necessária.

É importante saber que embora rara, é uma complicação que existe com o uso de próteses, e isso não depende do médico e sim da ação do próprio organismo.
Não é raro pacientes de outros profissionais procurarem outro médico para saber se foi “erro médico” a complicação chamada contratura capsular. E a resposta para este questionamento é não.

Fonte: Dr. Alexandre Kataoka cirurgião plástico: Médico perito concursado pelo Instituto de Medicina Social e Criminologia do Estado de São Paulo (IMESC), Membro Titular da sociedade brasileira de cirurgia plástica e Preceptor dos residentes do Serviço Prof. Dr. Oswaldo de Castro.



WordPress Video Lightbox
ENTRE EM CONTATO.
FALE CONOSCO OU ENVIE SUA MENSAGEM AGORA MESMO.
AQUI, NO SITE BELEZA TODAY, ESTAMOS SEMPRE PRONTOS A ATENDER A SUA SOLICITAÇÃO!


comercial@belezatoday.com.br | tel.: (+55 21) 2284-4336