Saiba o que aplicar na pele de noite para diminuir efeitos maléficos do estresse

Quase todas as marcas de dermocosméticos investem nos chamados “cremes noturnos”. Mas será que é apenas um apelo de marketing ou eles realmente existem por um motivo de saúde e beleza da pele? De acordo com a dermatologista Dra. Claudia Marçal, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da Academia Americana de Dermatologia, os cremes noturnos são fundamentais, ainda mais em um momento como esse de isolamento social, alto nível de estresse e ansiedade. “Eles agem na reparação e renovação celular, contra o estresse sofrido ao longo do dia por conta das emoções e também pelos abusos na alimentação, bebidas e maus hábitos como cigarro. É à noite que deve ser feita a regeneração e a reorganização celular, uma vez que o metabolismo basal está mais baixo. Durante esse período, como estamos em repouso, nosso organismo está propício ao reparo celular e biomolecular em relação a todos os órgãos”, explica a dermatologista.


De acordo com o Dr. Abdo Salomão Jr, é durante a noite que o uso dos produtos nutritivos se faz necessário, já que eles terão uma ação muito mais proveitosa. “A recomendação é usar substâncias que façam processo de detoxificação celular, limpeza das células, reparo e proliferação celular dos queratinócitos, dos fibroblastos e que estimulem a sirtuína-1, que é uma proteína que estimula a longevidade celular”, comenta o médico.
Os antioxidantes também são lembrados pela médica Dra. Claudia. A importância dessas moléculas se dá pelo fato de alimentação rica em açúcar, o estresse e o cigarro gerarem espécies reativas de oxigênio na pele, além de mensageiros pró-inflamatórios. “Isso vai desencadear um processo de envelhecimento precoce, assim como um encurtamento dos telômeros (fundamentais no controle da divisão celular)”, explica a Dra. Claudia.

Segundo o estudo “Brain skin connection: stress, inflamation and skin aging”, publicado no periódico Inflamm Allergy Drug Targets em 2014, o estresse leva à liberação de cortisol e, cronicamente, isso causa atrofia cutânea, redução do número de fibroblastos e diminuição do colágeno e elastina. “Também há uma maior liberação de adrenalina e isso causa menor reparação aos danos ao DNA celular pelo processo de envelhecimento. O estresse emocional está ligado à redução dos mecanismos de adaptação ao estresse oxidativo (causado por agressores ambientais e hábitos como má alimentação e cigarro) aumentando a geração de radicais livres que também acentuam o envelhecimento da pele”, diz a dermatologista Dra. Kédima Nassif, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia.
Em outras palavras, o estresse oxidativo causa inflamação e morte celular, com consequente aparecimento de manchas, rugas e flacidez.


As fórmulas noturnas, lembra a médica, devem privilegiar justamente essas moléculas e alguns ácidos que não são fotossensíveis. Os retinoides e alfa-hidroxiácidos devem ser usados com parcimônia e orientação médica, a depender da recomendação.
De olho no rótulo — A farmacêutica Mika Yamaguchi, diretora científica da Biotec Dermocosméticos, explica que já está disponível no Brasil um ativo que potencializa a ação de reparação celular, ideal para o período noturno. “Overnight Repair é uma associação de biopeptídeos, micronutrientes e potentes antioxidantes que promovem reparo e auto-hidratação, de maneira prolongada”, explica. A especialista também sugere renovadores como Lanablue e Progenitrix (que também ajuda na proliferação celular); antiglicantes como Alistin e EvenSkin A3; detoxificantes e energizantes como Arct-Alg; clareadores como B-White; os nutritivos Oligomix e Nutriomega 3, 6, 7 e 9; além dos potentes hidratantes Hyaxel e DSH CN. “O uso diário dos produtos promove uma melhora considerável na aparência da pele”, acrescenta. Essas substâncias podem ser encontradas nas farmácias de manipulação e em produtos prontos. “Consulte sempre seu dermatologista, que poderá prescrever o creme ideal de acordo com suas necessidades”, afirma Mika. “Além da fórmula tópica, o médico pode indicar substâncias orais que complementarão o tratamento e são fundamentais para a saúde da pele, como Exsynutriment (ação contra rugas e flacidez), FC Oral (ideal para inflamação), Bio-Arct (atuação na energia das mitocôndrias e oxigenação celular) e In.Cell (nutrição celular)”, finaliza a dermatologista Dra. Claudia.



WordPress Video Lightbox
ENTRE EM CONTATO.
FALE CONOSCO OU ENVIE SUA MENSAGEM AGORA MESMO.
AQUI, NO SITE BELEZA TODAY, ESTAMOS SEMPRE PRONTOS A ATENDER A SUA SOLICITAÇÃO!


comercial@belezatoday.com.br | tel.: (+55 21) 2284-4336