Protetor solar com cor protege melhor a pele?

Gel de limpeza, tônico, sérum, protetor solar, maquiagem… No dia a dia, precisamos seguir tantas etapas de cuidado com a pele que, às vezes, acabamos pulando uma ou outra. A boa notícia é que, em alguns casos, dá para otimizar essa rotina, com produtos que combinam duas ou mais funções de uma única vez. É o caso do protetor solar com cor.
O produto funciona como uma base com fator de proteção, deixando a pele com uma tonalidade mais uniforme e, ao mesmo tempo, protegida dos raios UVA, UVB e também da luz visível, que aquela que é emitida por iluminação artificial, smartfones, televisão, computador e outras fontes do tipo. Por isso, o protetor solar com cor pode, sim, proteger mais do que o convencional.

“A principal vantagem do produto é que você consegue uniformizar a pele, sendo que ele pode atuar como um primer ou até uma maquiagem mais leve. Esse é o principal benefício, atrelado à proteção solar. É super adequado porque a maquiagem, sem o FPS, oferece uma proteção muito baixa à pele”, explica Rodrigo Romanhole, diretor associado de Pesquisa e Desenvolvimento da Johnson & Johnson no Brasil.

O protetor com cor funciona da seguinte forma: os pigmentos presentes no protetor solar com cor criam uma barreira física sobre a pele, impedindo que ela absorva a radiação violeta e também a iluminação de aparelhos eletrônicos e luzes artificiais. Além disso, é um jeito bem prático de cuidar da beleza e da saúde da pele ao mesmo tempo.

Por que você deve se proteger

Além da radiação ultravioleta, estamos expostos à luz visível, que é aquela que conseguimos enxergar. Além de estar presente na luz do sol, esse tipo de radiação também é encontrada em luzes artificiais e gadgets como smartphones, notebooks, tablets e televisão. Ou seja: a pele é afetada pela luz visível em ambientes fechados e abertos, sem distinção, boa parte do tempo.
O problema é que esta radiação pode penetrar profundamente na pele e estimular a formação de radicais livres. Por isso, ao contrário dos raios UVB, ela não causa queimaduras solares, mas estimula o envelhecimento precoce, deixando a pele opaca, sem viço e favorável ao surgimento de rugas e linhas finais.
Além dos danos do fotoenvelhecimento, a luz visível pode ser prejudicial para quem tem algumas condições prévias, como o melasma ou pigmentação irregular, agravando o quadro. Em casos mais graves, ficar exposto à iluminação artificial pode também levar ao câncer de pele, o que reforça a importância da prevenção diária.
No entanto, Rodrigo Romanhole reforça que a luz visível não é a radiação mais perigosa de todas. “Estamos muito expostos à luz visível, mas ela tem uma energia muito menor que a radiação ultravioleta. O ideal é que a gente consiga combinar a proteção para todas”, afirma.
Protetor solar com cor: como escolher
Antes comprar o seu protetor solar com cor, vale ficar atenta a alguns detalhes em relação ao seu tipo de pele e também à fórmula do produto. Também é importante checar o FPS, que é o fator de proteção solar. Ele indica, em média, o tempo que a pele fica ficará protegida enquanto exposta.
A escolha do FPS, segundo Rodrigo Romanhole, varia de acordo com as características da pele de cada um e a necessidade. “O ideal é que pessoas de pele muito clara usem um FPS mais alto, bem como aquelas que são mais propensas a manchas. Já para uma pele mais escura, um FPS 30 ou 50 já costuma ser suficiente”, explica Rodrigo.
Ainda assim, um FPS mais alto não exclui a necessidade de reaplicação do protetor solar ao longo dia. Para quem fica muito tempo exposto ou entra na água, é necessário reaplicar o produto, no mínimo, a cada duas horas; já para ambientes fechados, é necessário aplicar o protetor solar pelo menos duas vezes ao longo do dia.

E quem tem a pele oleosa, o que deve fazer?

Nesse caso, a dica é escolher um produto que ajude a controlar a oleosidade da pele, sem causar ressecamento ou descamação. O ROC® MINESOL® OIL CONTROL Tinted FPS 60 é um bom exemplo de protetor solar com cor para quem deseja uma pele sequinha e protegida por um período maior.



WordPress Video Lightbox