Pele do colo e pescoço pode ser renovada com laser híbrido

Você já notou que, muitas vezes por esquecimento, você não estende os cuidados faciais até o pescoço e colo? Não é à toa que sempre ouvimos falar que dá para descobrir a idade de alguém observando o pescoço. “Os efeitos do envelhecimento da pele do colo estão relacionados, sobretudo, com a exposição solar. Além disso, o processo de envelhecimento nessa região ocorre mais rápido do que em outras áreas do corpo, pois, devido à menor quantidade de glândulas sebáceas, a pele do colo e do pescoço é muito mais fina e sensível”, explica a dermatologista Dra. Valéria Marcondes, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da Academia Americana de Dermatologia.

Uma das novidades para rejuvenescer essa região é o laser híbrido MILES (Multiple Intense Laser Energy System), que é uma combinação de técnicas. “O laser híbrido é um dos lasers do futuro, pois consegue entregar em tempos simultâneos um ou mais tipos de lasers conforme a necessidade da pele.  Ou seja, a técnica de combinação de lasers, como os ablativos (que causam danos à superfície da pele) e não ablativos, é uma novidade importante para potencializar os tratamentos dermatológicos, na medida em que atinge diferentes camadas da pele e, dessa forma, proporciona muito melhor resultado do que usar um laser isolado”, afirma a dermatologista.

Segunda a médica, as mulheres não costumam proteger a região do colo por acharem que ela não está sujeita a danos. Porém, o uso de decotes e roupas mais abertas sem a aplicação do fotoprotetor na região é uma das causas do fotoenvelhecimento nessa área. Esse fator é chamado de exposição solar acidental. “Esta exposição causa vermelhidão, e se é constante causa rugas, flacidez e, principalmente, manchas na pele, além de deixá-la ressecada e espessa”, destaca. “A falta de hábitos como o uso de hidratantes também leva ao envelhecimento precoce dessa área”, diz.

Tratamento – O protocolo MILES traz uma combinação de lasers em diferentes comprimentos de onda e tecnologias que permite tratar manchas, estimular colágeno com os lasers que atingem a camada média da pele, enquanto também promove brilho e melhora a textura com as tecnologias mais superficiais. “Na mesma sessão, ainda é possível aplicar o ultrassom micro ou macrofocado conjuntamente para atingir a musculatura e promover efeito lifting para reduzir a flacidez. Em vez de você utilizar uma técnica muito agressiva como o laser de CO2, agora você faz o ND Yag com um laser não ablativo ou um Erbium 2940 não ablativo. Enfim, você combina técnicas para ter resultados clínicos muito melhores”, diz a dermatologista. Além disso, para potencializar os resultados ainda é possível utilizar fillers, toxina botulínica e bioestimulação. “A utilização de radiofrequência microagulhada juntamente com o ácido poli-l-láctico, por exemplo, promove redensificação da derme com resultados otimizados. Isso melhora a produção de ácido hialurônico e densidade dérmica, reorganizando todo o colágeno, e com isso há um tratamento de rugas, linhas e melhora de contornos faciais”, diz a médica.

Cuidados – Mas para a prevenção do problema, alguns cuidados diários nessa região são fundamentais. “Deve-se começar sempre pela limpeza, utilizando um sabonete líquido ou óleo de banho. Após isso, recomendo aplicar um creme hidratante com ativos antioxidantes, como a vitamina C. Clareadores e cremes estimuladores de colágeno também ajudam a manter a pele do colo mais jovem”, afirma a dermatologista. “Para finalizar, é essencial a aplicação de um fotoprotetor com FPS de no mínimo 30, que deve ser reaplicado a cada duas horas”, diz a médica. “Mas é importante que você consulte um dermatologista. Apenas ele poderá indicar quais os cuidados e tratamentos ideais para cada paciente”, finaliza.



WordPress Video Lightbox
ENTRE EM CONTATO.
FALE CONOSCO OU ENVIE SUA MENSAGEM AGORA MESMO.
AQUI, NO SITE BELEZA TODAY, ESTAMOS SEMPRE PRONTOS A ATENDER A SUA SOLICITAÇÃO!


comercial@belezatoday.com.br | tel.: (+55 21) 2284-4336