Cílios postiços: indispensáveis para complementar a beleza

shutterstock_188215961O primeiro passo na hora de escolher os cílios postiços é descobrir o estilo e a preferência de cada cliente. “Os de número 101 deixam efeito mais suave e natural, pois os fios são bem finos e começam mais curtos no canto interno e maiores no externo. Os de número 107 são denominados “estrelados”, mais alongados e intercalam fios curtos e longos. Já os 117 são cílios mais marcantes”, explica o beauty artist Márcio Farache. Outros tipos muito utilizados são os de número 1, 12, 20 e 747 – este último é o preferido das atrizes, pois são muito naturais. Às vezes, pequenos tufos aplicados no canto externo são suficientes para realçar o olhar.
A aplicação requer um pouco de habilidade e treino. Não se deve ultrapassar o limite dos olhos. Uma sugestão também é cortar os cílios ao meio e colar a partir da metade do olho até o canto externo. Esse recurso cria um efeito bonito, sem deixar os olhos caídos ou fechados. Uma dica para um acabamento perfeito é delinear os olhos primeiro com lápis preto – evita-se que a pele apareça. Use a cola apropriada e a base de água para facilitar na remoção. “Passe pouca cola e deixe três segundos, colando rente a raiz, com a ajuda de uma pinça. O importante é treinar bem para não errar, evitando passar pelo constrangimento de vê-los cair”, aconselha Raphaella Bahia, maquiadora da Clínica Levitate, no Rio de Janeiro. Para removê-los, encontre a pontinha, feche os olhos e puxe devagar do canto interno para o externo. Cílios de boa qualidade têm uma vida útil de até 15 usos.
Rímel: não saia de casa sem ele!
Além de formulações de efeito 3 em 1, as novas máscaras para cílios alongam, encorpam e dão curvatura, algumas delas ainda proporcionam efeito 3D e até de cílios postiços. A alta tecnologia dos produtos cria fibras especiais que se agregam aos fios, tornando-os longos e espessos. Certas máscaras funcionam como um tratamento, pois contêm Vitamina E e Jaborandi. Além da secagem rápida, para a mulher sem tempo a perder, a facilidade de remoção é outra vantagem que algumas linhas oferecem, até mesmo para aqueles à prova d’água. Esses produtos tão costumam ser testados oftalmologicamente, tornando-os apropriados inclusive para quem padece de olhos sensíveis ou usa lentes de contato. Na hora de escolher, é preciso buscar mais a qualidade do que o preço. “Uma boa máscara nem sempre é a mais cara. O produto deve ter consistência firme e não ser aquoso demais”, diz Marcos Costa, maquiador da Natura.

shutterstock_151558850Os aplicadores das máscaras também merecem toda a atenção. Há uma boa variedade no mercado, como os finos, cheios, em forma de pente, esféricos, com cerdas em tamanhos variados e até côncavos. Alguns produtos vêm com dois aplicadores diferentes num mesmo tubo, como a nova Double Twist, da Revlon. Algumas apresentam aplicadores de silicone colorido, seguindo tendências internacionais. Eles oferecem maior durabilidade, deixam os cílios mais separados e distribuem o conteúdo de maneira uniforme, sem acumular o produto no pincel. Há ainda os de formato arqueado, bem anatômicos, que alcançam e curvam cílio a cílio, aumentando o volume e o ângulo das pestanas. Para valorizar fios curtos, Marcio Farache, maquiador e visagista da TV Record, prefere os de escova comprida de fios curtos, como a High Lengths da Clinique, pois não deixa um efeito tão dramático e os fios ficam bem separados.

Mas a aplicação também faz a diferença. Duas passadas leves com a máscara nem sempre conferem o efeito desejado. “Gosto de passar primeiro por cima para cobrir resíduos de sombras; depois, por baixo, modelando e curvando”, ensina Marcela Vasconcellos, maquiadora da Bourjois. Para cada necessidade um tipo de produto. Em cílios cheios e curtos deve-se priorizar a máscara alongadora; longos e espaçados pedem mais volume. Para fios curtos e ralos o ideal é aplicar uma máscara para alongar e dar volume.
Cuidados para que os cílios postiços durem mais:
Para retirar a maquiagem mais resistente à água, demaquilantes à base de óleo são os ideais, pois removem e deixam uma camada de proteção na pele e nos pelos, prevenindo ressecamento e desidratação. Os produtos devem ser sempre dermatologicamente e oftalmologicamente testados. Usar um xampu infantil para lavar a região dos olhos complementa a limpeza. Seque com uma toalha macia, sem esfregar, pois a pele das pálpebras é extremamente sensível. Nessa área às vezes ocorrem descamações, causadas ou por alguma doença dermatológica, como dermatite seborreica ou alergia a algum produto. Peles secas e desidratadas também são acometidas. Procurar um dermatologista é fundamental, pois dependendo da causa pode acontecer a queda dos fios.



WordPress Video Lightbox

    ENTRE EM CONTATO.
    FALE CONOSCO OU ENVIE SUA MENSAGEM AGORA MESMO.
    AQUI, NO SITE BELEZA TODAY, ESTAMOS SEMPRE PRONTOS A ATENDER A SUA SOLICITAÇÃO!


    comercial@belezatoday.com.br | tel.: (+55 21) 2284-4336