Botox rejuvenesce a aparência e ajuda a controlar suor excessivo

botox1Botox é, na verdade, uma marca registrada de uma substância chamada toxina botulínica. Na medicina estética é utilizada para atenuar rugas da testa, região dos olhos e pescoço. Aplicada nas mãos, pés e axilas ajuda a diminuir a sudorese. O tratamento não é exclusividade feminina, os homens já são 20 a 30% dos pacientes.

Muitos famosos como as atrizes Cláudia Raia e Paula Burlamaqui já alegaram em várias entrevistas que  recorrem a esse recurso para rejuvenescer  a aparência, mas pouquíssimos admitem. As apresentadoras Fátima Bernardes e Ana Maria Braga fazem parte do seleto grupo que confessa que já aplicou Botox.  Fátima já colocou botox em alguns pontos do rosto e acha que a prevenção  pode vir a adiar uma cirurgia plástica no futuro e Ana confessa ser vaidosa. “Não vejo problemas em dizer que me cuido. Quem trabalha com a imagem tem que estar bem para se apresentar ao telespectador”, afirmou a loira. A ex- dançarina Sheila Carvalho também é adepta do botox e confessa que de 6 em 6 meses aplica a substância, até como uma forma de prevenir rugas de expressão.

 

Na face, a toxina botulínica é eficaz para aliviar temporariamente as rugas de expressão, que são formadas pelos movimentos repetidos de contração do músculo que acabam marcando a pele. “A substância paralisa a placa motora onde há o nervo que faz o estímulo pra contrair o músculo, ela não deixa que o músculo se contraia”, explica o cirurgião plástico Guilherme Cravo, do Rio de Janeiro.

Para as rugas profundas, outra técnica surte mais efeito: o preenchimento.  “Mas bem pouquinho”, conta a atriz Giovanna Antonelli que também já admitiu: “gosto de dar uma retocada no botox e sou a favor dos procedimentos estéticos.”.

Guilhermina Guinle também não tem problemas quanto ao uso do botox:  “Cada mulher sabe do que e quando precisa dar uns retoques. Sou favorável à estética e podendo, recorro a todos os procedimentos”.

Segundo o especialista, Botox é bastante confundido com o preenchimento. “O volume na boca, por exemplo, é resultado do preenchimento o e não da toxina botulínica como muitos pensam. O mesmo vale para as rugas “parênteses” ou “bigode chinês”, aqueles sulcos entre a boca e a bochecha. A aparência esticada de um rosto sem expressão é opção de alguns pacientes, mas a tendência atual é que se mantenha a movimentação do músculo, mas apenas que ele perca a força, permitindo um resultado mais natural”, esclarece o médico.

 

Para quem sofre de suor excessivo (hiperidrose), a aplicação de botox pode ser uma forma de tratamento. A toxina botulínica vai atuar no organismo, paralisando a ação da glândula sudorípara. “É uma alternativa menos drástica comparada às cirurgias que corrigem o distúrbio definitivamente”, conta Cravo.

PERGUNTAS E RESPOSTAS

O cirurgião plástico Guilherme Cravo esclarece as principais dúvidas sobre o assunto:

Como é feita a aplicação?
Ela explica que o procedimento é ambulatorial, ocorre no consultório. “Não é necessária a internação em hospital. Injeções com agulhas bem finas são aplicadas no músculo do local onde será tratado” diz o médico.

 Dói?
Não, mas há uma sensação desconfortável e uma leve ardência. Uma pomada anestésica de uso tópico é passada no local.

 Existem contraindicações?
Sim, pacientes alérgicos a substâncias contidas na fórmula como o princípio ativo ou conservante não podem realizar a aplicação. Em geral, não é indicada a quem tem ptose palpebral, a pálpebra caída, que ocorre quando a pálpebra superior cobre o olho mais do que o normal.

Algumas marcas de toxina botulínica possuem albumina na fórmula, neste caso pacientes com alergia a ovo devem usar outra marca. Também não é indicado para quem tem doenças da placa muscular ou doenças neurológicas que afetem a mobilidade.

 Há efeito colateral?
Pode acontecer muito raramente, equimose local, uma mancha escura que Ocorre quando a agulha acerta, sem querer, uma veia. Neste caso, demora alguns dias para a marca desaparecer da pele.

Se o produto for mal aplicado pode paralisar o músculo errado. Para reverter o efeito deve se esperar o mesmo tempo que a aplicação estética do botox, cerca de três a quatro meses. “Existem alguns tratamentos que podem ajudar a reverter, mas a resposta é individual de cada paciente”, revela o cirurgião plástico.

 Quanto tempo dura?

A sessão demora em torno de 20 minutos. O tratamento não é definitivo: o efeito “sem rugas” dura entre 3 a 4 meses, variando para cada organismo.

 Cuidados antes e depois da aplicação

A toxina botulínica deve ser aplicada por um médico, portanto verifique o registro do mesmo e procure um bom profissional.  Depois da aplicação, é indicado que o paciente não deite, não faça atividades físicas, não massageie a região tratada e nem tome sol, ao menos pelas próximas quatro horas.

 Idade indicada
O paciente deve ter no mínimo 18 anos. Existe a procura de jovens pelo tratamento.

 Quanto custa?
Entre R$ 800 e R$ 1.200 por área aplicada.



WordPress Video Lightbox

    ENTRE EM CONTATO.
    FALE CONOSCO OU ENVIE SUA MENSAGEM AGORA MESMO.
    AQUI, NO SITE BELEZA TODAY, ESTAMOS SEMPRE PRONTOS A ATENDER A SUA SOLICITAÇÃO!


    comercial@belezatoday.com.br | tel.: (+55 21) 2284-4336