Como recuperar a pele pós-estresse

Muitos estudos nos últimos anos têm investigado o impacto da saúde mental nos tecidos principalmente do estresse no comportamento da pele. “A pele é influenciada pelos hormônios e emoções. Quando estamos estressados podemos verificar mudanças fisiológicas como aumento da perda de hidratação, vermelhidão e maior sensibilidade”, afirma a farmacêutica e diretora científica da Biotec Dermocosméticos, Mika Yamaguchi. “Essas emoções negativas podem afetar o sistema imune e causar alteração na resposta via comunicadores pró-inflamatórios”, acrescenta. Além das doenças já associadas ao estresse (acne, psoríase e dermatite), o problema também pode causar envelhecimento precoce.

Esses efeitos acontecem principalmente por conta da ruptura da comunicação celular. “Muitos tipos de células da pele, incluindo células imunológicas e células endoteliais (células que alinham os vasos sanguíneos), podem ser reguladas por neuropeptídeos e neurotransmissores, que são substâncias químicas liberadas pelas terminações nervosas da pele. O estresse pode liberar um nível maior dessas substâncias e, quando isso ocorre, pode afetar o modo com o qual nosso corpo responde a muitas funções importantes, como sensação e controle do fluxo sanguíneo. Além disso, a liberação desses produtos químicos pode levar à inflamação da pele”, explica a dermatologista Dra. Claudia Marçal, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da Academia Americana de Dermatologia.

Para enfrentar esse problema, a farmacêutica sugere a união dos ingredientes ativos abaixo, formulados em cremes ou séruns, para devolver a saúde da pele:

Hyaxel – ácido hialurônico fracionado vetorizado pelo silício, diminui o impacto do cortisol sobre a epiderme e derme, mantendo a capacidade da pele de produzir ácido hialurônico que é afetado pelo estresse e, concomitantemente, recupera a reepitelização da epiderme;

Connect.Cell – restabelece a comunicação celular. Atua como neuropeptideo que protege e estimula a diferenciação das terminações nervosas da pele. Por meio da potencialização do efeito de Fator de Crescimento Neural manterá a capacidade proliferativa das células-tronco da pele, melhorando a conexão dérmica da pele, permitindo que a comunicação celular seja restabelecida entre os queratinócitos e fibroblastos;

Progenitrix – atua diretamente estimulando as células progenitoras, melhorando sua proliferação. Progenitrix tem grande potencial de estímulo em células progenitoras envelhecidas, de forma que a utilização do ativo melhora a qualidade da pele, as defesas naturais e a resposta às agressões externas;

GPS Trealose – outro ativo interessante que atua no estresse da pele é GPS Trealose, é uma trealose obtida do cacto. Ele combate a desidratação da pele e aumenta a expressão das Heat Shock Proteins (Proteinas protetoras da pele) contra as variações climáticas, altas temperaturas ou temperaturas baixas, evitando que as proteínas percam a função dentro do organismo.

Além do tratamento tópico, a dermatologista Dra. Claudia Marçal lembra que as cápsulas com vitaminas orais podem ser usadas, com substâncias como Bio Arct, uma biomassa marinha do Mar Ártico rica em oligoelementos (zinco, magnésio e outros), que auxiliam no aumento da imunidade, além de ter na sua composição taurina e o peptideo citrulil arginina. “Essa composição confere energia às células aumentado o seu potencial e a produção energética combatendo o deficit energético que muitas vezes diminui a capacidade de resposta e defesa do organismo”, finaliza.



WordPress Video Lightbox
ENTRE EM CONTATO.
FALE CONOSCO OU ENVIE SUA MENSAGEM AGORA MESMO.
AQUI, NO SITE BELEZA TODAY, ESTAMOS SEMPRE PRONTOS A ATENDER A SUA SOLICITAÇÃO!


comercial@belezatoday.com.br | tel.: (+55 21) 2284-4336