Como escolher a melhor técnica de micropigmentação

Por Solange Belchior, master em micropigmentação

A micropigmentação viveu uma verdadeira revolução nos últimos três anos, tanto em relação aos produtos como as técnicas. O Brasil se tornou referência no segmento em todo o mundo e o que parecia um sonho vem se tornando realidade. Hoje, temos produtos, tanto equipamentos como pigmentos nacionais, de ótima performance e qualidade, que possibilitam aos profissionais desenvolver procedimentos da mais alta qualidade e beleza.
Importante enfatizar aqui que micropigmentação não é a mesma coisa que maquiagem definitiva. Toda essa nova tecnologia proporcionou a oportunidade ao profissional atingir a tão desejada “naturalidade”, onde pode-se realizar a inaltação dos traços do rosto, de forma sutil. Por isso, a micropigmentação, é considerada um tratamento de beleza que deve ter sua manutenção realizada, no período de seis meses a um ano. Dessa forma, é considerado um procedimento semi permanente, pois a pigmentação é realizada em camadas mais superficiais da pele, propiciando que, parte do pigmento seja absorvido pelo organismo e parte seja removido junto a renovação natural da pele.

TÉCNICAS EXISTENTES

O grande “boom” inicial foi o famoso e desejado fio a fio, que consiste em micro fios (pequenas e finas linhas), que imitam os fios naturais das sobrancelhas, proporcionando o que chamamos de realismo.
Todas as pessoas que possuem pelos, porém com falhas ou necessidade de definir o design. A técnica não é indicada para quem possui sobrancelhas com muitas falhas e ausência de pelos, pois transmite aspecto artificial. Temos técnicas mais avançadas que trazem mais naturalidade e volume a essas clientes, como o efeito 3D. Esse efeito é realizado através de 2 técnicas, o fio a fio e o sombreado central. Cria um look de volume muito bonito e natural, dando a ilusão de ótica de mais volume.
Hoje, de volta a moda com força total, temos as esfumadas, porém com uma graciosidade de contrastes de cores belíssima. Essas esfumadas recebem algumas denominações dependendo de sua intensidade.
Temos a Degradê , uma mistura de intensidade e sombreado, que traz um olhar mais marcado e sensual e ao mesmo tempo sutiliza em partes importantes das sobrancelhas. Indicado a todos os tipos de sobrancelhas, com ou sem pelos.
Ombré, uma mistura de esfumada e fios, sendo que esses fios são estrategicamente colocados na parte frontal. Indicados a todos os tipos de sobrancelhas
Shadow, um mesmo nome dado para duas técnicas distintas. Apesar de ambas serem esfumadas, uma é conhecida como um sombreado (Shadow=Sombra), que lembra um efeito de Henna. Bem mais rarefeita, com durabilidade menor. É indicada para aquelas pessoas que amam Henna, porém estão cansadas de reaplica-la toda semana.
E temos a nova Shadow, chamada por alguns de pontilhismo, que possui efeitos tridimensionais e degrades nas cores, transmitindo pontos fortes e delicados. E o que a diferencia das demais, é uma ilusão de ótica de micro pontinhos que dá um charme único. Indicado para todo o tipo de sobrancelhas e para pessoas com uma personalidade mais arrojada.
A criação de um design e a escolha de uma técnica para a micropigmentação das sobrancelhas, é a somatória de vários itens: visagismo, estrutura óssea e muscular, quantidade de pelos e a personalidade de cada cliente.
Cada sobrancelha é única e deve ser personalizada para cada cliente, por isso, a escolha do profissional micropigmentador deve ser sempre meticulosa para um resultado de excelência.

Solange Belchior é diretora do Ibrape Instituto



WordPress Video Lightbox
ENTRE EM CONTATO.
FALE CONOSCO OU ENVIE SUA MENSAGEM AGORA MESMO.
AQUI, NO SITE BELEZA TODAY, ESTAMOS SEMPRE PRONTOS A ATENDER A SUA SOLICITAÇÃO!


comercial@belezatoday.com.br | tel.: (+55 21) 2284-4336